Melhore Seus Contornos Com Implantes de Panturrilha

Procurando saber mais sobre implantes na panturrilha? Bem, ter pernas bem torneadas e com musculatura bem definida contribuem muito para a harmonia e a beleza do corpo como um todo. No entanto, conseguir isso não é algo tão simples e fácil para todos, não é mesmo? 

Isso porque muitos têm dificuldades de alcançar o tamanho e contornos desejados através de exercícios físicos, como a musculação.

Além disso, uma das maiores preocupações dessas pessoas aumenta e melhora o contorno das panturrilhas e isso é possível através de implantes na panturrilha, que inclui na inclusão de próteses nesta região. É um procedimento simples, que traz benefícios, estéticos e melhora muito a autoestima. 

Neste artigo vamos esclarecer pontos importantes sobre este tipo de cirurgia como, para quem ela é determinada, como é feita e quais cuidados devem ser tomados no pós-operatório. Esperamos que você goste!

Por que fazer implantes na panturrilha?

 

 

 

 

 

Casos caseiros, quem opta por fazer implantes na panturrilha quer alcançar um contorno corporal mais harmônico, bonito e simétrico. Transformar, as pessoas buscam este tipo de cirurgia quando as panturrilhas:

  • São assimétricas ou não estão bem desenvolvidas.
  • Ficaram flácidas devido à idade
  • Foram afetadas por problemas de saúde ou acidentes: traumas, paralisias, anomalias genéticas, atrofias, etc.

Para quem são indicados os implantes na panturrilha?

Os implantes na panturrilha são indicados para homens ou mulheres saudáveis ​​que não conseguiram alcançar os resultados desejados através de exercícios físicos ou que possuem algumas das queixas acima.

Não há muitas restrições. No entanto, para fazer a cirurgia é preciso estar, de preferência, dentro do peso ideal e ter mais de 18 anos, que é quando o corpo já está completamente desenvolvido.

Quanto tempo dura a cirurgia e a internação?

A cirurgia é simples e pode durar entre uma hora e meia e duas horas. 

O período de internação também é curto, entre 12 e 24 horas. Dependendo do caso, a liberação acontece no mesmo dia, ou no máximo, no dia seguinte. 

Opções de implantes na panturrilha

Os diferentes tipos de próteses, seus formatos e tamanhos, atendem às necessidades  e condições específicas de cada pessoa. Mas de forma geral, eles são feitos de silicone macio e sólido. Alguns são usados para melhorar o contorno da panturrilha e outros para aumentar o volume muscular. 

Para aumentar o volume muscular e simular a musculatura da região, é possível usar um implante maior ou a combinação de dois implantes. No entanto, se o objetivo é modelar o contorno, os implantes mais finos e longos trazem um resultado melhor.

Alguns fatores podem influenciar na escolha do tamanho e tipo de próteses. Músculos e tecidos mais rígidos, por exemplo, podem interferir nos resultados. Por isso, é fundamental conversar com o cirurgião para esclarecer dúvidas e pontos importantes para que tudo corra bem. 

As próteses de silicone utilizadas

Elas possuem uma superfície lisa ou texturizada, não vazam e têm consistência  muito semelhante ao músculo. O volume costuma variar entre 85 a 180 ml, mas pode ser maior de acordo com a necessidade ou condições locais de cada pessoa. Ao final de todo o processo, é possível obter um acréscimo de 2 a 3 cm na circunferência da panturrilha.

Como são feitos os implantes na panturrilha?

De forma geral, é uma cirurgia bem simples e que pode ser feita usando-se combinações diferentes de anestésicos, que são:

  • Sedação e anestesia
  • Sedação e raquianestesia
  • Sedação e peridural
  • Anestesia geral

O cirurgião utilizará dentre duas técnicas, a que for mais adequada ao objetivo que você quer alcançar. Em ambos os casos o resultado é natural e não causa desconfortos. Veja a seguir como são feitos os implantes na panturrilha.

Incisão e criação de bolsas para o implante

O cirurgião faz incisões que medem entre 2,5 a 4,0 centímetros na parte posterior dos joelhos, onde eles se dobram. O local do corte contribui para que a cicatriz  fique bem discreta e vá diminuindo com o tempo. 

Depois da incisão, ele cria “bolsas”, espaços para inserir o implante, de acordo com o objetivo da cirurgia. Se o objetivo é aumentar o volume da panturrilha, ou aumento submuscular, ele criará uma bolsa sob o músculo da panturrilha.  Mas se o que o paciente deseja é melhorar o contorno, ou aumento subfascial, ele criará uma bolsa na fáscia, uma membrana que cobre o músculo. 

Inserção das próteses e fechamento do implante

O cirurgião insere as próteses nas bolsas, posicionando-as cuidadosamente para que fiquem ajustadas, mas sem produzir tensão. Depois disso, ele analisa se a aparência está natural e se as panturrilhas estão simétricas. 

Se tudo estiver certo, ele faz suturas em todas as camadas de pele e coloca bandagens para garantir a compressão e o suporte necessários para que a recuperação e a cicatrização sejam perfeitas. Os pontos podem ser absorvidos pelo organismo ou retirados em até 14 dias, dependendo do tipo de sutura feita e material utilizado.

Há casos em que é necessário colocar drenos cirúrgicos abaixo dos implantes.

Recuperação - Cuidados pós-operatório 

Mesmo que você se sinta bem e em disposição para voltar às atividades normais, a recuperação completa pode demorar até um mês e meio. Por isso, neste período, é importante evitar exercícios pesados, cansativos ou movimentar demais as pernas. 

Estes cuidados vão garantir que os tecidos cicatrizem adequadamente e que o implante se acomode naturalmente.

Como os edemas  e inchaços são muito comuns após a cirurgia, o médico costuma indicar o uso das meias de compressão. Veja a seguir como elas podem ajudar em sua recuperação e garantir os melhores resultados. 

Como as meias de compressão podem auxiliar no pós-cirúrgico

São muitos os benefícios das meias de compressão para o pós cirúrgico. Além de melhorarem a circulação sanguínea, fazendo a pressão necessária para que o sangue volte dos pés para o coração, elas também reduzem os inchaços e previnem o acúmulo de líquidos. 

Elas fornecem o suporte necessário para  que as panturrilhas se recuperem de forma segura, sem movimentos desnecessários, o que é contra-indicado durante o período de recuperação. Elas também ajudam a reduzir dores, sensação de peso e cansaço nas pernas, o surgimento de varizes e o risco de trombose. 

O médico indicará a meia de compressão adequada para você, como e até quando ela deve ser usada. Tomando todos os cuidados necessários, em poucas semanas a pele recuperará o aspecto natural, os implantes se acomodarão e você começará a ver os resultados pelos quais esperava.

Mas lembre-se que, como em todos os procedimentos cirúrgicos estéticos, o resultado final completo só é obtido em 6 meses.

Não deixe de lado seus cuidados em seu pós-operatório

Complicações pós-operatórias são raras, mas isso se deve, principalmente, aos cuidados que cada pessoa tem mesmo neste período. Portanto, qualidade e segurança são indispensáveis. Siga as orientações de seu médico após o implante de panturrilhas e escolha os melhores produtos que há no mercado para sua recuperação. 

Para saber mais, baixe o e-book Por que as meias de compactação estão tão em alta? e conheça todas as nossas opções. Certamente, temos o que você precisa. Se tiver dúvidas, basta entrar em contato com a gente!