Próteses de Silicone - Mito ou Verdade Sobre Seu Rompimento.

Próteses de Silicone - Mito ou Verdade Sobre Seu Rompimento.

Muitas pessoas trazem em si essas questões e acabam não fazendo cirurgias estéticas importantes para a sua autoestima, mas elas não passam de mitos. Para uma prótese de silicone explodir durante um voo ou em um mergulho, a paciente implantada deve estar em situações extremamente adversas.

As próteses de silicone resistem a pressão média de 123 atmosferas, na primeira situação, em um mergulho, a cada 10 metros de profundidade corresponde a 1 atmosfera, para explodir um próteses mamária seria preciso descer 1220 metros de profundidade sem nenhum equipamento de proteção, como a roupa de mergulho.

E em uma viagem de avião o risco é ainda menor. A pressão durante o voo é abaixo de 1 atmosfera e as próteses têm 400% de elasticidade, ou seja, podem ser esticadas até quatro vezes antes de arrebentar. Para uma prótese explodir durante um voo o trauma deveria ser tão grande que a mulher morreria antes das próteses se danificarem.

Existem alguns relatos de ruptura do implante pós-trauma, como quedas de grande altura ou impacto de material em grande velocidade. Mas a maioria desses implantes eram antigos e as tecnologias atuais já ultrapassaram vários fatores relacionados, como a elasticidade e os formatos de próteses.