Tudo o que você precisa saber sobre cuidados no pós-parto

Toda a atenção dos papais é naturalmente colocada em cima do bebê recém nascido, mas a mamãe também precisa de alguns cuidados no pós-parto para o seu bem-estar.

Isso porque o parto pode ser considerado uma cirurgia de grande porte e que apresenta riscos durante e depois de todo o procedimento.

E como nos primeiros dias após a gestação você provavelmente estará em casa, todos os cuidados no pós-parto dependem muito de você e do seu parceiro.

Vamos ficar por dentro de quais são esses cuidados?

Principais cuidados no pós-parto 

pós parto

Abaixo, selecionamos os principais cuidados no pós-parto que você deve ter. Confira!

Cuidado com os seios 

Dentre os cuidados no pós-parto mais importante, estão os com a sua mama, para que elas não rachem ou passem pela mastite, por exemplo.

Quanto às rachaduras, o ideal é aderir a hidratação, usando pomadas específicas ou até mesmo seu próprio leite materno.

Já em relação à mastite (empedramento dos seios), é comum que as mamas da mulher fiquem vermelhas e brilhantes.

Uma boa solução para esses casos é fazer uma compressa com água gelada e retirar o excesso de leite com suas próprias mãos.

Outro grande ponto da mastite é que ela pode causar febre às mulheres. Se isso se tornar frequente, nossa indicação é procurar por um médico.

Tenha uma alimentação balanceada

As náuseas e vômitos costumam ser comuns nos primeiros dias do pós-parto.

Então, o ideal é optar por uma alimentação mais leve e balanceada, rica em alimentos que hidratam, como a melancia.

E não se deve esquecer das fontes diretas de hidratação, como água e sucos, pois além de ajudarem na diminuição do inchaço, elas aumentam a sua produção de leite.

Em relação aos alimentos que podem fazer mal nesse período, estão os que contém muita gordura e açúcar, afinal, esses dois itens podem aumentar o inchaço e enjoos.

Quando o mal estar começar a passar, insira na sua dieta alimentos que aumentem seu nível de ferro, comum de se perder durante a gestação.

Você pode encontrar bons níveis de ferro em:

  • carne bovina;
  • peixes;
  • gema de ovo;
  • feijão;
  • grão de bico;
  • ervilha;
  • lentilha;
  • damasco;
  • coco seco.

Cuide das suas cicatrizes

As cicatrizes podem ficar tanto no parto normal, como na cesária.

No caso do parto normal, pode ser feito um corte no canto da vagina da mulher, para evitar que ocorra uma laceração perineal quando o bebê é retirado.

E na cesárea, se trata da cicatriz do corte feito acima do osso púbis, feita para a saída do bebê.

Em ambas, é fundamental higienizá-las corretamente, usando sabão neutro em suas lavagens. 

Durante o dia, as cicatrizes devem permanecer secas e as mamães precisam ficar de olho em casos de vermelhidão, dores, odores e saídas de secreção das cicatrizes, pois tudo isso pode indicar uma infecção.

Mantenha uma boa higiene

A higiene na região genital merece muita atenção durante o pós-parto, por conta da loquiação.

A loquiação é o sangramento vaginal que ocorre após a gestação, sendo uma espécie de secreção vaginal vermelha que se apresenta nos primeiros dias do puerpério e, com o passar dos dias, vai mudando sua cor, para vermelho escuro, amarelo e branco.

Sendo assim, durante esse período de cuidado no pós-parto, é preciso higienizar muito bem a genital, trocando os absorventes de quatro em quatro horas, ao longo de pelo menos dez dias.

Fique atenta as dores e incômodos

As dores durante qualquer pós-operatório são comuns, independentemente se a mulher passou por parto normal ou cesárea.

Uma das principais dores são contrações no útero, bem semelhantes às cólicas menstruais, e ocorrem por conta da diminuição do tamanho do útero.

As cicatrizes de ambos partos também podem causar dores onde foi realizada a intervenção.

E embora essas dores sejam comuns para todas as mulheres que acabaram de passar pela gestação, se elas forem muito intensas, é preciso ficar de olho.

Note principalmente se essas dores vêm acompanhadas de outros sintomas, pois elas podem estar sinalizando alguma complicação, sendo assim, o ideal é procurar um médico.

Se for fazer exercícios, comece com os mais leves

Durante um bom período do pós-parto, as atividades físicas ou atos que exigem um pouco mais de esforço, como dirigir, são contraindicadas.

Isso porque elas podem prejudicar a recuperação, interferindo nos pontos cirúrgicos da cesariana ou na cicatrização perineal do parto normal.

Se você quiser praticar exercícios físicos, eles costumam ser recomendados depois dos 45 dias da data da sua gestação. Mas, em todo caso, é fundamental perguntar ao seu médico.

Se ele autorizar, lembre-se de começar com atividades mais leves e específicas para mulheres que acabaram de passar pela gestação.

Siga as orientações do médico 

Os cuidados no pós-parto devem ser seguidos à risca, pois nessa fase, o corpo das mulheres estão vulneráveis a infecções e complicações.

Também é preciso ficar em alerta às cicatrizes que devem se curar adequadamente.

E para que tudo isso ocorra da melhor maneira, as orientações dadas pelo médico precisam ser seguidas.

Tudo o que ele orientar será para que a sua recuperação seja completa e com baixos riscos de complicações.

Então, atente-se aos cuidados no pós-parto, precauções e tratamentos que seu médico indicar.

E não se esqueça de tirar todas as dúvidas com ele, para o seu puerpério ser o mais tranquilo possível.

barriga pós parto

As melhores cintas pós-cirúrgicas você encontra na Servimedic! 

Conclusão

Como você viu ao longo deste artigo, após dar à luz ao seu bebê, ele não é o único que precisa de cuidados e atenção.

Você, mamãe, também precisa ficar atenta a alguns cuidados no pós-parto consigo mesma.

E neste ponto, seus seios, cicatrizes e possíveis dores merecem destaque, pois eles podem demonstrar alguns sinais de alerta de que seu corpo não está reagindo bem a esse período.

Em todo caso, você pode seguir as orientações que demos neste artigo e deve seguir todas as orientações dadas por seu médico, para que todo o seu processo de pós-parto seja tranquilo e seguro.