O uso de meias de compressão na gravidez

O uso de meia de compactação na gravidez é um importante aliado para reduzir incômodos comuns desse período, como inchaço e cansaço nas pernas - e até as temidas varizes.

Essas meias eliminam a melhorar a circulação sanguínea das pernas e também previnem trombose e outros problemas que podem se agravar durante a gravidez , devido às mudanças hormonais e de peso.

Não sabe como usar e nem quando elas são indicadas durante a gestação? Siga a leitura, nós vamos te ajudar a melhor.

O que são meias de compressão?

As meias de compressão ou meias compressivas são meias elásticas que prevenir doenças venosas (ou evitar que essas doenças se agravem), como edema, varizes, trombose e flebite.

Elas agem comprimindo a perna e, dessa forma, levando o diâmetro das veias , para aumentar a velocidade de circulação do sangue e a eficácia das válvulas.

Atualmente, é possível encontrar uma grande variedade de meias de compactação, inclusive com diferentes gradientes de pressão e altura. Por isso, é fundamental que elas sejam indicadas pelo médico, que fará a orientação sobre o modelo adequado para o seu caso.

Quando é indicado o uso de meia de compactação na gravidez?

Pés inchados e pernas cansadas fazem parte da rotina da maioria das grávidas. São muitas como vantagens das meias de compactação para esse público, pois elas agem realizando uma pressão gradual nas pernas. Isso facilita a circulação sanguínea e reduz justamente esses inchaços e desconfortos , oferecendo mais bem-estar à gestante.

Além disso, as mudanças hormonais durante a gestação podem trazer problemas circulatórios. Afinal, os hormônios são capazes de fazer com que o sangue coagule mais rápido e as veias se dilatem mais. Dessa forma, o retorno venoso acaba sendo impedido, aumentando os riscos de danos às veias, como o desenvolvimento de varizes e a formação de coágulos nas veias das pernas.

A cada trimestre, o corpo da gestante passa por transformações importantes para acomodar o crescimento do bebê, e o volume de sangue no útero aumenta. Tudo isso faz com que haja uma pressão direta nas veias, bloqueando parcialmente delas, o que pode afetar o sistema venoso.

Com as meias, a circulação sanguínea é melhorada e você sentirá suas penas mais leves, menos inchadas e com mais energia. Além disso, estar prevenindo problemas que costumam surgir na gravidez como varizes - que causam dor, coceira, ardor e câimbras - e até o surgimento de coágulos sanguíneos nas pernas.

meias de compressão na gravidez

Por que as gestantes apresentam problemas de circulação?

Os problemas de circulação são problemas usuais durante a gravidez e que afetam muitas mulheres. Isso acontece principalmente devido à elevação dos hormônios femininos que causam, também, um aumento no volume sanguíneo .

Os principais hormônios que se elevam nesse período são a progesterona, o estrogênio, a gonadotrofina coriônica humana (hCG) e o hormônio lactogênio placentário (hPL). Cada um desses hormônios têm uma função específica para o progressão e a manutenção da gestação.

Contudo, o aumento dos hormônios também pode resultar na dilatação das veias, tornando-as mais complacentes e volumosas no decorrer da gestação. O resultado são pernas inchadas, cansadas, doloridas, com muitos vasinhos e veias aparentes, além de uma sensação de queimação .

O sexto mês costuma ser o período mais importante, devido ao crescimento do bebê e da extensão abdominal. Com o crescimento mais intenso do útero, acaba ocorrendo um compressão da veia cava, intensificando os sintomas de dor e inchaço.

É claro que existem alguns precedentes que reduzem a piorar o quadro, como histórico de tabagismo, obesidade, sedentarismo e até certos transtornos psicológicos .

Depois do parto e nos primeiros meses pós-parto, os vasinhos e as varizes podem desaparecer. Por isso, é fundamental investir em tratamentos mais definitivos a partir do terceiro mês de amamentação, para que o organismo retorne ao seu estado hormonal de antes da gravidez.

Outros bons hábitos também influenciam como uma alimentação saudável, não ganhar peso excessivo durante a gravidez, realizar caminhadas diárias e elevar como pernas, pelo menos, duas vezes por dia.

É possível prevenir o surgimento de todos esses problemas usando como meias de compactação na gravidez.

O uso da meia de compactação na gravidez: funciona mesmo?

Sim, como meias de compressão na gravidez funcionam muito bem, mas é preciso, cuidado e atenção na hora de fazer a escolha do produto.

As meias elásticas são divididas em 3 níveis de compressão:

  • Compressão suave : de 15 a 20 mmHg. É ideal para quem quer prevenir problemas circulatórios e mais associados no início da gravidez, quando inchaços e variedades são menos frequentes e também para quem irá viajar durante muitas horas sentada;
  • Compressão média : de 20 a 30 mmHg . É o modelo mais indicado para quem já tem problemas circulatórios, como varizes, inchaço e dores nas pernas no fim do dia. As grávidas que precisam ficar muito tempo em pé ou sentadas podem investir nesse modelo assim que os primeiros problemas aparecerem;
  • Alta compressão : de 30 a 40 mmHg . É recomendada para quem já sofre com pernas muito inchadas, com dores agudas ou com doenças venosas já diagnosticadas.

Se você usar uma meia de compactação menor do que o necessário, ela pode não ter efeito. Já se compactar para mais alta, você poderá desenvolver outros problemas circulatórios. Por isso, seguir a recomendação médica é tão importante.

Modelo

Em relação ao modelo, também existem variações. O mais indicado para as gestantes são como comprimento semelhante a uma meia calça , porém em um tamanho especial, capaz de acomodar a barriga.

Como principais fabricantes modelos específicos de meias de compactação para grávidas. O ideal é investir nesses modelos, mesmo para quem está no início da gravidez, já que ela será usada até meses após o parto.

A partir de qual mês a gestante deve defender?

A maioria das gestantes sente os pés e as pernas inchadas a partir do segundo trimestre. É nesse período que as meias de compactação na gravidez costumam ser indicadas pelos médicos.

Caso o inchaço seja excessivo ou você tenha varizes, poderá usar a meia diariamente, com compactação suave, além da elevação das pernas no fim do dia.

Nas viagens aéreas com mais de 4 horas de duração, o uso das meias elásticas é obrigatório, podendo ser de média ou suave compressão. Como alta compressão são mais indicadas apenas em casos avançados de mudanças circulatórias.

Quem deseja se prevenir dos inchaços, pode usar as meias compressivas já no início da gravidez, evitando dores e mal estar e melhorar a qualidade de vida da grávida.

Contudo, somente o seu médico poderá o orientar considerar, considerando suas necessidades e características.

Meias de compressão na gravidez: devo usar depois do parto?

Muitas mulheres acreditam que logo no pós-parto os desconfortos circulatórios reduzir. A verdade, infelizmente, não é bem assim. Mesmo durante a amamentação, você ainda pode sentir inchaços e desconfortos - e ainda há o risco de surgimento de varizes.

Por isso, o indicado é manter o uso das meias de compactação até seis meses depois do nascimento do bebê. Mas é claro que seu obstetra pode lhe dar uma orientação mais precisa, avaliando perto de suas necessidades e seus problemas circulatórios.

Manuseando como meia de compactação

Tão importante quanto usar as meias de compactação na gravidez é vesti-las corretamente. É fundamental que você não sinta nenhum desconforto com as meias. Por isso, o indicado é vestir como meias logo pela manhã , quando você está menos inchada, antes mesmo de sair da cama.

O passo a passo para calçar suas meias são:

  • Fique sentada;
  • Coloque uma das mãos por dentro da meia;
  • Vire a meia no avesso até a altura do calcanhar;
  • Calce a ponta da meia no pé e ajuste correto até o tornozelo;
  • Vá desvirando a meia aos poucos;
  • Ajustar corretamente a meia até o fim;
  • Certifique-se de que a meia está vestida corretamente e faça o mesmo procedimento na outra perna.

Manutenção

Para a manutenção da sua meia:

  • Não use alvejante e produtos com cloro;
  • Não lave a seco e nem passe a ferro;
  • Use apenas sabão neutro para lavar;
  • Se para lavar na máquina, use saquinhos para roupas delicadas;
  • Atenção com anéis e outras joias na hora de vestir como meias;
  • Não use cremes e óleos gordurosos nas pernas antes de colocar como meias;
  • Assim que notar que a compressão já não é mais a mesma, troque as meias.

Retomando ...

Neste conteúdo, você viu que a meia de compactação na gravidez ajuda a reduzir as dores, inchaço e também o surgimento de doenças venosas, como as varizes e até coágulos.

Infelizmente, como as grávidas estão mais relacionadas a essas questões às mudanças hormonais típicas da gravidez, bem como as mudanças no corpo da gestante, como o crescimento do útero.

A meia de compressão pode ser usada desde o início da gravidez, relacionada como chances de inúmeros problemas e desconfortos. A melhor pessoa para lhe auxiliar na escolha das meias e nos demais detalhes é o seu obstetra.

Agora já sabe tudo sobre a meia de compactação na gravidez? Baixe nosso e-book gratuito e descubra todas as vantagens que as meias elásticas são capazes de trazer !