Cuidados após a micropigmentação: qual pomada usar?

Por deixar  as sobrancelhas mais preenchidas, bonitas e diferenciadas, corrigindo falhas e outras imperfeições, a micropigmentação é uma técnica que está em alta. Contudo, para que os resultados sejam os esperados, os cuidados após a micropigmentação são fundamentais.

Se você acabou de fazer o procedimento, ou está pensando em realizá-lo, siga a leitura e veja todas as dicas e informações que separamos. Elas ajudaram na sua recuperação, bem como permitirão que o procedimento dure mais.

Confira e aproveite!

Por que os cuidados pós micropigmentação são importantes?

Bem, os cuidados após a micropigmentação são fundamentais para que o resultado alcançado seja o que você espera – e também para aumentar a durabilidade da técnica. 

Afinal, a micropigmentação não é definitiva, já que o pigmento é inserido em uma camada superficial da pele. Por isso sua duração varia de 6 meses a 1 ano (mas se você fizer o pós certinho, poderá ter uma durabilidade maior).

Em geral, a recuperação básica dura em média 30 dias. Posteriormente, será necessário fazer um retorno para a avaliação da necessidade de retoque – que requer mais 30 dias de recuperação.

Os cuidados especialmente nos 5 primeiros dias após a micropigmentação são cruciais e determinantes na boa fixação. Pois é durante esse período que haverá a primeira interação da derme com o pigmento e também o fechamento da epiderme.

Além disso, mesmo depois desses primeiros 5 dias, os cuidados devem ser mantidos, embora eles já comecem a ficar menos intensos. Assim, você garantirá uma cicatrização perfeita e o resultado esperado.

Mas, você sabia que antes mesmo de iniciar a micropigmentação é preciso tomar alguns cuidados?

Cuidados pré micropigmentação

Se você está fazendo tratamento com ácido, peeling ou laser, deverá esperar, no mínimo, 14 dias antes de realizar a dermopigmentação. De qualquer forma, é importante avaliar o estado da sua pele, que precisa estar totalmente cicatrizada e sem descamação.

A mesma dica vale para os tratamentos com lasers ablativos e microagulhamento, Ulthera, Ultraformer e similares e radiofrequência de qualquer tipo.

Quem está usando Isotretinoína (Roacutan) em doses menores que 20mg/dia, de 1 a 2 vezes por semana, precisará suspender a medicação 14 dias antes do procedimento (e poderá retomá-la apenas 14 dias após).

Para quem está com uma dose maior que 20mg/dia, a suspensão deve ser de 30 dias antes da micropigmentação. Mas é sempre importante conferir com seu dermatologista.

Outros medicamentos que podem afetar o resultado da micropigmentação são antibióticos, anticoagulantes e corticoides. Se você faz uso deles, converse com seu médico.

E se você fez ou irá fazer algum procedimento com toxina botulínica ou preenchedores, é preciso aguardar um intervalo de 15 dias entre os procedimentos. Gestantes, lactantes ou quem faz tratamento médico deve conversar com o médico para obter autorização.

Contraindicações

Apesar de estar muito em alta, a micropigmentação não é indicada para quem tem doenças específicas da pele, como vitiligo, além de pessoas em tratamento com quimioterapia.

Fases do pós-tratamento

Os cuidados pós micropigmentação podem ser divididos em fases.

Primeiro dia

Sempre higienize muito bem as mãos antes de tocar na área em que a micropigmentação foi feita. Evite molhar a região nas primeiras três horas.

Depois desse período, mantenha a área limpa e protegida do sol. Aplique água boricada ou soro fisiológico para fazer a limpeza da região, sem esfregar.

Segundo dia

Entre os cuidados após a micropigmentação, utilize o gel cicatrizante, aplicando-o até o 10º dia, no mínimo. Evite as atividades que estimulem o suor, a sauna, a piscina e a praia e também não exponha a área ao sol.

Isso porque o calor pode dificultar a cicatrização. Sempre que for sair de casa, abuse do protetor solar.

Terceiro dia

Comece a usar sabão neutro para limpar a área, no mínimo, 2 vezes por dia, evitando a formação de casquinhas. Não use água muito quente, porque ela pode descamar a pele. Além disso, tenha uma toalha exclusiva para fazer a limpeza do rosto, afastando riscos de contaminação.

Outros cuidados importantes

Outras dicas são fundamentais em todas as fases de recuperação, como:

  • caprichar na hidratação do rosto, principalmente na região do procedimento, aumentando a durabilidade da micropigmentação;
  • use lenços umedecidos nas primeiras 24 horas para fazer a higienização do rosto;
  • cuide da sua alimentação, mantenha-se hidratada e evite cigarros e bebidas alcoólicas.

Cuidados após a micropigmentação: o que evitar?

Para um resultado ainda mais interessante, é importante evitar alguns maus hábitos, que podem comprometer a sua micropigmentação.

Cremes esfoliantes ou ácidos

Você não poderá usar nenhum tipo de produto abrasivo na área, até que a recuperação esteja totalmente concluída. Então, nada de aplicar cremes esfoliantes, com alguns tipos de ácidos etc.

Também é importante evitar que caia shampoo e condicionador na região e ficar longe dos produtos oleosos.

Maquiagem

A maquiagem na área micropigmentada deve ser evitada por pelo menos 10 dias ou até que a cicatrização esteja totalmente concluída.

Alimentação

Para que não haja risco de infecção, cuidado com o que você come. Evite comidas gordurosas, carne suína, chocolate e frituras, porque esses alimentos retardam a recuperação da pele. E, claro, capriche na hidratação bebendo bastante água.

Também vale a pena aumentar o consumo de alimentos com vitamina A, que ajudam a melhorar a cicatrização da pele, como fígado, gema de ovo, cenoura, espinafre, manga e mamão.

Coceira

É quase inevitável que haja coceira durante a fase de cicatrização, mas é muito importante que você resista a ela. Esfregar a área e remover as casquinhas que se formam pode retardar a recuperação da pele, causar infecções e deixar a micropigmentação mais desbotada ou com um aspecto pouco estético.

Piscinas, saunas e mar

Esses ambientes devem ser evitados entre 7 a 10 dias após a micropigmentação ou até que a pele da região esteja completamente cicatrizada, tanto pela ação do sol, como do cloro e do sal.

Evite se exercitar nos primeiros dias após o procedimento, porque o suor irrita a pele lesionada e o calor expande os poros.

Qual pomada usar após a micropigmentação?

A pomada ou gel cicatrizante é um dos cuidados mais importantes após a micropigmentação, tratando a pele, diminuindo o tempo de recuperação e otimizando os resultados.

Entre as mais indicadas está a Stratamed, uma película protetora que ajuda a cicatrizar a pele. Ela não é uma pomada, mas sim uma tecnologia avançada para cuidados após procedimentos, considerada padrão ouro.

Quando aplicada, a Stratamed forma uma película protetora, à prova de água e permeável a gases, que promove maior hidratação e proteção para as áreas lesadas e feridas abertas. Assim, ela ajuda a evitar a invasão química e microbiana, afastando os riscos de contaminações e infecções.

Além disso, ela é um gel de silicone transparente, auto secante e não oleoso. Ou seja, ajuda a prevenir a cicatrização anormal, evitando a formação de queloides e cicatrizes hipertróficas, que podem acontecer em algumas pessoas.

Por isso, outra vantagem é que a Stratamed ajuda a aliviar a coceira, o desconforto, a vermelhidão e outros incômodos causados após a micropigmentação. Ela pode ser usada também por pessoas com pele sensível, grávidas e lactantes.

Para fazer a aplicação é muito simples, basta garantir que a área esteja limpa, retirando o excesso de fluidos ou secreções que possam haver no local, e fazer a aplicação de uma camada fina, deixando o gel secar naturalmente.

Você poderá aplicar o gel de 1 a 2 vezes por dia ou conforme as orientações do seu profissional. Após seco, é possível usar protetor solar, cosméticos e outros cremes hidratantes.

Gostou de conhecer mais sobre os cuidados após a micropigmentação? Aproveite e garanta o seu Gel Stratamed para um resultado ainda mais perfeito!